quarta-feira, 1 de junho de 2011

Om

Hoje tá sendo um daqueles dias em que tá difícil fazer a compreensiva, tapar olhos, nariz e boca e seguir em frente, como se fosse tudo mará aqui deste lado da terra. Em especial, não tô podendo com o seguinte:
 
- calçadas completamente imundas e emporcalhadas
- escarradas caprichadas
- asiáticos dizendo pra mim: "NOSSA, COMO TU TÁ PRETA"
- asiáticas andando com guarda-chuva aberto em um belo dia de sol
- tentar argumentar que um pouco de sol é bom, faz bem pra pele e pros ossos (jamais vou defender que torrar no sol como curto muito fazer é saudável) e que só de andar uns poucos metros na rua ninguém vai ficar "PRETO".
- colega muçulmana me dizendo "homens são melhores que mulheres, não gosto da minha personalidade e por isso preciso de um marido pra mandar em mim"
- o cheiro escroto no andar térreo do prédio dos estrangeiros
- gente que não para nunca de fumar, suja o chão, além de nuvens de fumaça vindo em minha direção
- banheiros chineses
...
 
E há millhares de outras reclamações que eu poderia fazer, mas também não estou a fim de perder mais tempo ainda com isso.
 
Auto-consolo: vai passar, Érica, vai passar.

2 comentários:

Nataly disse...

Miguxa, acho que vc tá precisando de um abraço. E mudar daí. Volta pro Brasil que nós te amamos. s2

Ana Manssour disse...

Manda todo mundo à merda e segue a tua vida!